As hienas e o AI-5

         NESTA semana, dois filhos do Bolsonaro disparam duas ameaças que têm pelo menos um ponto em comum: o desejo de instaurar um regime autoritário no país – acima das leis e das instituições. As duas ameaças são tão absurdas que põem em dúvida a higidez mental dos filhotes – não se sabe se eles representam um perigo real para a democracia ou se são apenas uns doidivanas.

        Um deles – o vereador – foi ao tuíter do pai e postou a figura de um leão, representando Bolsonaro, rodeado de hienas que ameaçavam atacá-lo. Essas hienas, pateticamente, carregavam tabuletas com seus próprios nomes: STF, OAB, GLOBO, ESTADÃO, MST, CUT, VEJA, FOLHA, PT, PSDB e o próprio partido do presidente – imaginem!

            Nem é preciso comentar o mau gosto e a infantilidade do vídeo. Mas é preciso apontar, sim, a intenção autoritária da postagem. Como no filme Rei Leão, que vence as hienas, Bolsonaro também seria capaz de subjugar todas aquelas instituições que o rodeavam, e impor sua lei da selva; é clara a ameaça autoritária.

               O outro filho – deputado federal por São Paulo – deu uma entrevista dizendo que se a esquerda radicalizar, e fizer como estão fazendo no Chile, será preciso dar uma resposta, e a resposta seria por meio de um novo AI-5; o instrumento que, como todos sabemos, representou o “golpe dentro do golpe”, instalando de vez uma longa ditadura militar entre nós.

             Consta que o Bolsonaro já voltou atrás e pediu desculpas pelo vídeo das hienas, e que seu filho deputado também se desculpou pela ameaça do AI-5. Não se sabe, portanto, quando é que esses caras estão falando a sério ou de zombaria. A única coisa que se sabe é que são trapalhões e grosseiros.

          Muitos afirmam que se trata de um caos deliberado; uma estratégia para manter a polarização política e radicalizar as tensões, porque os Bolsonaro só sabem fazer política (com “p” minúsculo) em meio a crises. Justamente crises que servem para esconder o desgoverno, a incompetência e a falta de um projeto para o Brasil – a falange bolsonária embarca nessa guerra e o país segue à deriva.

             Outros dizem que toda essa zaragata armada pelo clã é para desviar as atenções e esconder as falcatruas da primeira-família: o caso Queiroz; o depósito de dinheiro na conta da primeira-dama; o caixa dois na campanha; as rachadinhas com dinheiro público nos gabinetes e o constrangedor envolvimento  deles com milícias sanguinárias do Rio de Janeiro.

               Mas há quem afirme que esse é o estilo mesmo do clã. Pai e filhos são beligerantes, valentões e autoritários. O sonho dourado deles seria instaurar uma ditadura já; o problema é que são tão atrapalhados que não têm, sequer, habilidade ou competência para tal – não passariam de bufões.

              Em todo caso é preciso ter cuidado; aqui não vale aquela máxima de que “cachorro que late não morde”.

       Veja que o ex-general Augusto Heleno, ministro do Gabinete de Segurança Institucional – outro homem tosco – embarcou na fala estúpida do deputado sobre o AI-5. Disse que se houver protestos similares aos do Chile, algo terá de ser feito, sugerindo que poderia ser até um ato institucional nos moldes daquele que consolidou a ditadura no país em 13 de dezembro de 1968.

               Isso é sinal de que a chamada “ala ideológica” que gravita em torno dos Bolsonaro é tresloucada e flerta realmente com a ditadura. Bastou uma entrevista desarrazoada do filho do presidente para que o general ministro, em vez de repelir a ameaça institucional, aderisse prontamente à parvoíce do deputado falastrão.

              Todo cuidado é pouco, portanto. Essa turma do Bolsonaro é perigosa. Quando a ignorância se junta com o poder, é fogo. Se os democratas não reagirem na defesa da democracia e da Constituição, punindo crimes como esse cometido pelo deputado que atentou contra o regime democrático, as coisas podem sair do controle – tem muita hiena saudosista no governo.

_______________________

http://www.avessoedireito.com

Esse post foi publicado em Avesso e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s