Lula está condenado

          AFIRMEI, no texto postado logo abaixo, que a sentença condenatória do Lula, pelo juiz da Lava Jato, já está pronta. E está mesmo. Nem bem começou o processo e o ex-presidente Lula da Silva já está irremediavelmente condenado pelo juiz da Justiça Federal de Curitiba – os advogados de Lula podem preparar o recurso que a condenação é certa, como dois e dois são quatro.

           E por que é que afirmo isso com tanta convicção? Por algumas razões óbvias: primeiro porque esse juiz é mesmo condenador, punitivista; segundo porque ele já condenou severamente vários outros políticos do PT, ou ligados ao PT, com base em provas obtidas por meios ilícitos; terceiro porque já cometeu várias arbitrariedades contra o próprio Lula, por exemplo, mandando conduzi-lo coercitivamente de maneira ilegal e tornando pública conversas telefônicas sigilosas do ex-presidente, também de forma ilegal; quarto porque já mandou grampear, ilegalmente, até os telefones dos advogados de Lula; quinto porque é um juiz ultrarreacionário e tem uma natural propensão para condenar políticos de esquerda; sexto porque não é um juiz imparcial; e sétimo, porque a Lava Jato precisa condenar Lula, senão terá sido um fracasso.

          Se havia alguma dúvida de que esse juiz vai condenar o Lula, essa dúvida desapareceu ontem (20.9.16). De fato. Num despacho de catorze laudas, o juiz da Lava Jato recebeu a denúncia criminal oferecida pelos procuradores do Ministério Público e, nesse despacho, fez uma análise perfunctória, mas completa, das “provas” que estão no inquérito contra o Lula, considerando que elas são bastantes e mais que suficientes para processar o ex-presidente da república.

             Em um dos parágrafos do despacho, naquilo que Freud consideraria um “ato falho”, o juiz escorregou e entregou o jogo. Como? É simples: numa afirmação tecnicamente inusual, ele diz que “lamenta” o oferecimento da denúncia contra a esposa do ex-presidente, porque, segundo ele, há dúvidas sobre se ela conhecia o esquema criminoso na Petrobras. Logo, se ele lamenta o oferecimento da denúncia contra a mulher do Lula, e não lamenta que a mesma denúncia tenha sido oferecida contra o próprio Lula, é porque ele considera que dona Marisa Letícia é inocente e seu esposo é culpado – ele vai absolver a mulher e condenar o marido.

             O juiz afirma que o despacho proferido ontem é apenas uma apreciação daquilo que tecnicamente chamamos de “juízo de admissibilidade da denúncia”. Ele diz que não fez nenhum “exame aprofundado das provas”, pois isso, segundo seu despacho, só seria possível “após a instrução e o exercício do direito de defesa”. Conversa desse juiz. Ele examinou e fez referência a todas as provas do inquérito, e, mais uma vez, entregou o jogo: afirmou expressamente que visualiza a ação criminosa do Lula; disse que isso não se trata de mera “conspiração” dos inimigos de Lula; disse que os advogados de defesa não afastaram os ilícitos atribuídos ao Lula; e, disse que há, sim, provas do recebimento de propinas por parte do Lula.

            Precisa mais o quê, pra condenar o homem? Pode dispensar o “devido processo legal”, pode abandonar o contraditório e esquecer o direito de defesa. Isso é puro blá-blá-blá. Meras formalidades. Tudo encenação. As provas indiciárias, produzidas unilateralmente no inquérito policial, serão usadas para condenar o Lula sem dó nem piedade. A sentença condenatória já está pronta, amigão. Ela está até redigida – só falta pôr a data e a assinatura. Quer apostar quanto?

__________

http://www.avessoedireito.com

Esse post foi publicado em Avesso e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s