Golpe

       ESTÁ consumado mais um golpe de Estado no Brasil! As elites brasileiras, como sempre, e mais uma vez, executam outro escandaloso GOLPE DE ESTADO no país. Com a destituição de uma presidenta eleita pelo voto popular em eleições legítimas e diretas, com a cassação de mais de 54 milhões de votos, e com o sistemático desrespeito à Constituição-cidadã de 1988, MORRE hoje a democracia brasileira, o Estado Democrático de Direito e um projeto genuinamente brasileiro de nação.

       O golpe que se conclui nesta data, 11 de maio de 2016, com a deposição de Dilma Rousseff, tal como o golpe de 1º de abril de 1964, que depôs o então presidente João Goulart, foi perpetrado pela BURGUESIA PAULISTA, representada pela FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DE SÃO PAULO, a FIESP, e pelos magnatas da comunicação social de massa, representados pela GRANDE MÍDIA DO EIXO RIO-SÃO PAULO.

           Vou repetir.

         O golpe de Estado que se consuma hoje no país foi comandado pela BURGUESIA BANDEIRANTE, entocaiada na FIESP, e pelos BARÕES DA MÍDIA, sob a liderança do GRUPO GLOBO. Para tanto, os golpistas contaram com a conivência de setores do PODER JUDICIÁRIO, de setores do MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL, de parte da POLÍCIA FEDERAL – e tudo com a omissão histórica da SUPREMA CORTE brasileira.

          Acreditava-se que a democracia brasileira estava suficientemente madura, e que o nosso Estado Democrático de Direito estava solidamente assentado na Constituição e no seu sistema de liberdades fundamentais. Não estava. Acreditou-se que um golpe de Estado a esta altura do nosso processo de redemocratização seria algo impensável. Não era. A mídia dissimulou bem o golpe a ponto de iludir amplas camadas da população e até mesmo setores da esquerda, que demorou muito a percebê-lo – agora é tarde.

           Está consumada mais uma RUPTURA CONSTITUCIONAL na América Latina; está decretada a MORTE DA CONSTITUIÇÃO BRASILEIRA DE 1988, bem como a DESTRUIÇÃO DE UM PROJETO DE NAÇÃO para o país. Os brasileiros não têm mais uma ordem constitucional legítima e estão irremediavelmente divididos – não somos mais uma única nação – se é que o fomos um dia.

         Vivemos no mesmo território, fazemos parte de um mesmo país, falamos a mesma língua, MAS NÃO CONSTITUÍMOS UMA MESMA NAÇÃO. Os brasileiros que perpetraram e que apoiaram esse GOLPE DE ESTADO no país não têm NADA, absolutamente NADA EM COMUM com aqueles brasileiros que resistiram a mais esta ruptura institucional.

           Doravante, tudo fica muito claro: há, pelo menos, DOIS BRASIS e DUAS NAÇÕES BRASILEIRAS – uma nada tem a ver com a outra, não há diálogo possível entre elas, são estranhas; os brasileiros estão PEDAGOGICAMENTE DIVIDIDOS, possivelmente como sempre estiveram.

             Coragem, companheiros!

__________

http://www.avessoedireito.com

Esse post foi publicado em Avesso e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s