Esquisitices

           É QUASE certo que ao final deste post os leitores e amigos, que sempre me honram com a leitura condescendente do blog Avesso e Direito dirão: “É pura paranoia, não passa de simples teoria da conspiração”.

             Não o nego; admito até.

         Mas, o amigo (exatamente porque é amigo) haverá de compreender que nós, aqui embaixo, sem acesso aos bastidores da política, submetidos à “ditadura” de uma mídia que informa apenas o que ela quer, temos pelo menos o “direito à desconfiança” – existe esse direito?

            Na semana passada, o jornalista Sidney Rezende, âncora do jornal GloboNews há quase vinte anos, foi demitido. E saiu atirando. Disse-se inconformado com o “patrulhamento” interno do Grupo Globo que divulga apenas as notícias desfavoráveis ao governo do PT, e não permite que os jornalistas “globais” divulguem notícias positivas.

           Na mesma semana, surpreendentemente, a GloboNews convidou o ex-presidente Lula para uma entrevista no programa do Roberto D’ávila, onde o líder do PT, com sua conhecida verve, deu um verdadeiro “show”, quase uma propaganda do lulismo.

         E ainda na mesma semana, o Jornal da Globo, sem estardalhaço nenhum e de maneira muito discreta, noticiou que o PIB brasileiro, no último trimestre, caiu mais de 4 pontos percentuais acumulados. Isso caracteriza uma “recessão técnica”. Mas, os festejados analistas da Globo, que nessas ocasiões sempre aparecem com ar de “entendidos” para atacar o governo, nem sequer apareceram.

       Nas últimas semanas, a mídia em geral e os grandes jornais em particular “esconderam” a Operação Lava Jato. Já há até quem diga que essa operação “virou pizza”. O nome do juiz Sérgio Moro desapareceu das manchetes e das primeiras páginas dos jornais impressos ou televisivos – e quase não se ouve mais falar no nome dele.

                  Por que será?

          Não se sabe, não se pode saber. Pode-se apenas exercitar aquele sagrado e inalienável “direito de desconfiança”, ou aquelas tendências paranoicas que levam à tal “teoria da conspiração”. Segundo essas “tendências paranoicas”, é possível avançar uma primeira hipótese – apenas uma hipótese.

              Pode ser que a direita mais esclarecida, que aproveitou a crise econômica mundial para desestabilizar o governo brasileiro, acrescentando a ela uma crise política e institucional, descobriu que a conta está ficando muito cara, isto é, descobriu que uma queda de 4% no PIB nacional atinge tanto os trabalhadores quanto os patrões.

             Logo, percebeu que o melhor é mesmo pôr juízo na cabeça e trabalhar, acabando de vez com essa estratégia golpista que não está conseguindo convencer ninguém. Além do que, a fatura está ficando muito alta – inclusive para os endinheirados que sempre ganharam muita grana com os governos do PT.

           Mas, há outras hipóteses, bem mais conspiratórias e paranoicas, que não seria o caso de levantar aqui neste despretensioso espaço do blog Avesso e Direito… aguardemos, pois, as próximas pesquisas eleitorais sobre 2018.

__________

http://www.avessoedireito.com

Esse post foi publicado em Avesso e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s