Alienados “on line”

     ENQUANTO o Partido dos Trabalhadores realizava o seu 5º Congresso na cidade de Salvador, evento que por sinal terminou no dia de hoje, apareceram por lá alguns representantes do “movimento” ultrarreacionário que se adensou na internet  e se autodenomina “revoltados online”.

    Dentre esses “revoltados”, que apareceram lá em Salvador para provocar os petistas e para tumultuar o Congresso do PT, estava o tal do Kim Kataguiri, aquele garoto fanfarrão que, apesar das baboseiras políticas que espalha nas redes sociais (sem saber exatamente o que diz), ganhou um surpreendente espaço na mídia conservadora e também nos partidos de direita que o recebem como se fosse uma quase celebridade.

    Pois bem, esse garoto chegou ao bairro do Rio Vermelho na capital baiana, diante do hotel onde se realizava o congresso petista, com um carro de som para, evidentemente, tumultuar o trabalho dos congressistas e se autopromover. Nesse momento, a Polícia Militar da Bahia interveio para assegurar o normal andamento do Congresso do PT, impedindo que o pirralho fizesse mais uma das suas estrepolias no local do evento. A polícia não permitiu que o minguado grupo dos “revoltados on line” ocupasse o local do Congresso, vetando também a utilização do carro de som que esse esquisito Kim Kataguiri desejava utilizar.

    É claro que o “mascote do neoliberalismo” não gostou nada dessa intervenção policial e protestou de novo na internet, investindo contra a atitude da polícia baiana que teria, de forma autoritária, cerceado o seu direito constitucional de reunião e de livre manifestação do pensamento. Acontece que esse garotão “revoltado” parece desconhecer que a mesma Constituição de 1988, que assegura a liberdade de reunião, proíbe que essa liberdade seja exercida de forma abusiva, por exemplo, com o objetivo de frustrar outra reunião anteriormente convocada para o mesmo local (art. 5º, XVI).

    Mas, o curioso não é a atitude provocadora do guri e guru dos “revoltados on line” nem o seu desconhecimento da Constituição Federal. O curioso é que o rapagote saiu da Bahia mais revoltado ainda, condenando a atitude da Polícia Militar sob o argumento de que ela teria agido como nos tempos da ditadura. Ué, mas não era exatamente a turma desse “rebeldizinho on line” que até há pouco tempo andava lá na avenida Paulista em São Paulo, com cartazes ridículos, pedindo a volta urgente da ditadura militar?

  Essa caricatura neoliberal, que anda na internet difundindo ideias anacrônicas e ultrarreacionárias, flerta irresponsavelmente com a volta da ditadura, mas não aguenta uma atuação militar nem mesmo dentro dos marcos da constitucionalidade. Pelo visto o bravateiro “ativista” da web não gostou nada-nada de provar do próprio veneno na bela capital baiana!

    Não é à toa que o dramaturgo Bertoldo Brecht dizia que o pior analfabeto é o “analfabeto político” – esse tipo alienado que costuma sair por aí repetindo clichês e reproduzindo o pensamento dos outros, mas que não consegue enxergar, sequer, as consequências de seus próprios atos e opiniões.

    O garoto da internet é folclórico, burlesco e falastrão, portanto, não deve ser levado a sério. O preocupante é ver a pobreza da mídia conservadora e da direita brasileira (o rebelde on line foi recebido pelo presidente do DEM na Bahia) que lhe reservam um espaço exagerado e talvez até enxerguem nas suas patacoadas, pretensamente liberais, um ideário consistente e uma estratégia de atuação política para engrossar esse verdadeiro “vale-tudo” contra um possível (e provável) “volta Lula” em 2018.

______

Acesse http://www.outrasprosas.wordpress.com

 

Esse post foi publicado em Avesso e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s