Arquivo do mês: janeiro 2011

Direito principiológico e teoria da argumentação

           DEPOIS que a Escola da Exegese, com Napoleão à frente, proclamou no século XIX que o direito se identifica com a “lei escrita”; depois que Hans Kelsen disse que o direito não é “lei”, mas é … Continuar lendo

Publicado em Direito | Marcado com , | Deixe um comentário

Breve discurso do patrono

Caros bacharéis,              É COM muita gratidão que nesta hora cumprimento e me despeço da XXIII Turma de Direito da Unesp. Exatamente aquela que me deu a grande alegria e a honra maior ainda de ser … Continuar lendo

Publicado em Direito | Marcado com , | Deixe um comentário

Ministério Público em defesa de qual democracia?

        A CONSTITUIÇÃO de 1988 reestruturou profundamente o Ministério Público brasileiro e o credenciou para a defesa da ordem jurídica, do regime democrático e dos interesses sociais e individuais indisponíveis (art. 127). Isso quer dizer que o … Continuar lendo

Publicado em Direito | Marcado com , | Deixe um comentário

Lulismo

       O EXTRAORDINÁRIO desempenho de Luiz Inácio Lula da Silva à frente da Presidência da República em dois mandatos consecutivos foi realmente um feito histórico – impressionante. Atesta-o seus incríveis 87% de aprovação popular e irrisórios 4% de rejeição. … Continuar lendo

Publicado em Avesso | Marcado com , , | Deixe um comentário

Camus, o direito e o absurdo

             A ARTICULAÇÃO do pensamento de Albert Camus com o saber jurídico e a práxis do direito pode gerar, suponho, alguns questionamentos tais como: por que os juristas haveriam de revisitar Camus se este autor não … Continuar lendo

Publicado em Direito | Marcado com | Deixe um comentário

A superação do positivismo jurídico

           ACREDITO que a superação da metodologia e da ideologia jurídico-positivista, conforme apregoam algumas teorias do direito, é uma proposta ambiciosa demais. É muito difícil, talvez até impossível, superar os paradigmas do positivismo jurídico dentro do … Continuar lendo

Publicado em Direito | Marcado com , | Deixe um comentário